Conheça os 4 tipos de riscos financeiros e como minimizar possíveis perdas de dinheiro

Papo IOUU

leitura de 8 min

Os 5 maiores investidores do Brasil

Os 5 maiores investidores do Brasil Tem muito investidor com alta capacidade entrando no mercado nes...

leitura de 9 min

Conheça os 4 tipos de riscos financeiros e como minimizar possíveis perdas de dinheiro

Você já comprou algum bilhete da mega sena alguma vez na vida? Pensando em concorrer a um prêmio milionário gastando tão pouco? Ou talvez já tenha comprado rifa na tentativa de ganhar algum prêmio bom, disputando a sorte com outras centenas ou até milhares de pessoas?

Esses são dois exemplos que têm em comum um aspecto importante que muitos seres humanos buscam: ter bons retornos correndo pouco risco

Afinal, em ambos os casos você compra algo a baixo custo esperando ter um prêmio milionário ou um prêmio bom como um carro, por exemplo. Se você não ganha um ou outro, o que acontece é a perda de dinheiro. Um bilhete da mega sena custa R$4,50 (referência de fevereiro/21) e uma rifa pode sair por R$10, por exemplo. Ambos representam custo baixo, ou seja, risco bem pequeno.

No mercado financeiro a visão é diferente das que você viu acima, primeiro que o retorno esperado vem em função do volume de capital e rentabilidade do investimento, e segundo que você só perderá o dinheiro se não souber o que está fazendo.

Quando você passa a investir no mercado financeiro, então já assume o risco inerente que a oportunidade de investimento possui. 

O risco financeiro é um dos 3 pilares principais na hora de escolher um investimento, junto a rentabilidade e liquidez, que ajudam na tomada de decisão sobre investir em uma oportunidade.

Entender o risco financeiro é algo que todo investidor deve estudar, mesmo que de forma básica, pois ele existe, mesmo que você acredite que não. 

Assim que você entender os riscos financeiros você vai estar mais preparado para selecionar seus investimentos e ter mais tranquilidade daquilo que está fazendo.

Detalhando o risco financeiro

Detalhes-de-riscos-financeiros

Toda vez que você toma uma decisão financeira, como o investimento, existe uma ou mais possibilidades de perder o dinheiro, seja uma parte ou todo capital. Basicamente, esses riscos sempre existirão em qualquer operação que envolve dinheiro. Por isso, é importante reconhecê-los e saber como minimizá-los.

Quem faz opção por investimento em renda fixa aceita ter menor rentabilidade para ter maior segurança e menor risco, mas nem mesmo assim garante que o risco de perda seja zero.

Já quem investe em renda variável, como ações, por exemplo, aceita tomar um risco maior por ter a possibilidade de um maior rendimento.

A forma como você pode reagir a possibilidade de risco depende do seu perfil. Para que você conheça mais sobre os perfis de risco.

Conheça os principais riscos financeiros

Desconhecer os riscos financeiros é o principal risco que você pode correr, então não optar pelo entendimento pode prejudicar seus investimentos. 

Existem riscos inerentes ao investidor, ou seja, que a pessoa pode controlar. Mas os principais riscos você não tem controle, só que pode minimizá-los.

Risco de mercado

Risco-financeiro-de-mercado

O mercado é como um vulcão que frequentemente pode entrar em erupção, mas você não sabe ao certo quando. Em um determinado momento o cenário econômico está de forma controlada, mas pode ser que tudo mude, claro que não de uma hora para outra. 

O risco de mercado está ligado às oscilações que ocorrem nas bolsas de valores, estando relacionado às ações de empresas, moedas, commodities e economias (nacional e internacional).

Tudo depende do sistema financeiro e das políticas econômicas, onde alguma decisão pode afetar os preços dos ativos e causar a oscilação, impactando empresas e negócios causando lucro ou prejuízo. 

Você investidor deve monitorar com frequência como está a flutuação dos preços dos ativos que investiu, observando se o retorno esperado está de acordo com o que foi projetado. 

Considere esse risco na hora de investir, analise se existe algum risco de mercado, por exemplo uma mudança de governo, que pode alterar o desempenho do seu investimento. 

Risco de liquidez

Risco-financeiro-de-liquidez

Você já observou que existem investimentos que rendem diariamente ou mensalmente? Ou mesmo algum ativo que tem condições de tempo para entregar uma rentabilidade X? 

Em todos esses casos existe uma liquidez inerente, ou seja, a facilidade ou dificuldade de resgatar o seu capital, sem que perca o seu valor. 

Nem todos os casos, você tem o rendimento em mãos assim na hora que quiser. Alguns variam de D+1 (dia de solicitação de saque + 1 dia útil) até D+30. Existem até quais vão além disso. 

Além de você entender qual o prazo de retorno na hora de investir, também tem que entender que existe um risco de não ter a liquidez esperada. 

Pode ser que você corra o risco de não ter o seu retorno exatamente onde planejou, já que a corretora, banco ou outro provedor pode não ter a capacidade de pagamento no dia. 

No investimento em Peer-to-Peer você recebe mensalmente o valor investido, logo quando a empresa que você fez o aporte começa a pagar os retornos. Entenda mais como funciona a liquidez nos investimentos P2P.

Risco de crédito

Risco-de-crédito

Crédito significa confiança, ou seja, eu faço o empréstimo de um determinado valor esperando que o tomador pague de volta acrescido com a taxa de juros. Claro que existe uma análise de risco por trás para justamente minimizar o risco. Assim como a IOUU realiza antes de aprovar a solicitação de uma empresa, onde você pode conhecer mais aqui.

Esse risco você também corre quando investe em ações, no tesouro direto ou Peer-to-Peer, por exemplo. Afinal, se a companhia, o governo ou a empresa quebrarem, nesses casos, você sai perdendo.

Quando você investe em Peer-to-Peer a minimização de risco de crédito pode ocorrer com a boa análise dos ratings e pela diversificação do investimento, também na outra ponta existe o trabalho feito pela IOUU que possui a MENOR TAXA DE INADIMPLÊNCIA do mercado, devido ao processo de cobrança muito bem executado e com excelente resultado.

Você pode acompanhar o processo de cobrança das empresas que investiu e ter as informações detalhadas.

Riscos operacionais

Riscos-operacionais

Digamos que por algum motivo ocorra uma falha técnica na operação de investimento, talvez uma ordem de compra errada devido algum delay da plataforma da corretora.

Esse é um risco mais improvável de acontecer, devido todo o aparato tecnológico que corretoras, bancos e plataformas têm hoje em dia, mas não se pode deixar de considerar.

O que fazer para minimizar os riscos 

O importante aqui é avaliar com cuidado os riscos de um investimento e as possibilidades de retorno para tomar a melhor decisão, de acordo com seu perfil de investimento e sua tolerância a riscos.
Agora você sabe quais os riscos principais que podem ocorrer nos seus investimentos e como pode minimizá-los. Toda vez que você olhar as oportunidades daqui pra frente pode enquadrar em nível de risco em função do seu perfil. Então, que você possa escolher as melhores oportunidades com mais segurança.

Empréstimos com juros baixos. Investimentos com alto retorno. Isso é o peer-to-peer.

imagem-01-blog

Quem viu esse post também curtiu: