Você sabe o que é o perfil de investidor e para que ele serve? Descubra!

Papo IOUU

leitura de 13 min

Capitalização do negócio: é uma boa opção?

Com o atual cenário econômico, torna-se muito difícil expandir uma empresa, pois, com a diminuição d...

leitura de 4 min

A trajetória para alcançar o sonho de viver de renda pode ser longa e exigir muito trabalho duro para maioria das pessoas. Assim, quanto antes iniciar os esforços, mais rápido estará de alcançar sua meta. Uma dica valiosa que com certeza vai reduzir a longa jornada da riqueza é conhecer o seu perfil de investidor, você sabe o seu?

Ter investimentos que rendem ótimos juros se tornou um desejo de muitos brasileiros e é óbvio que a poupança não será a aplicação capaz de te fazer mais rico. Apesar de ser o investimento mais popular do país, os rendimentos dela são os mais baixos do mercado.

Logo, por que não investir aquela reserva que está rendendo tão pouco numa opção mais rentável? Para isso o primeiro passo não é ter uma conta numa corretora de valores, um conselho comum de ouvir. Primeiramente o seu objetivo deve estar claramente definido.

E em segundo lugar, você deve ler esse texto até o final para descobrir de uma vez por todas qual o seu perfil de investidor. Sabendo qual é o seu perfil, por exemplo, o risco de perder dinheiro é drasticamente minimizado.

Ficou interessado? Continue acompanhando o material, quando chegar ao fim a sua confiança para investir terá crescido e mais próximo vai estar da riqueza!

O que é perfil de investidor?

Também conhecido como suitability, o perfil de investidor é uma análise feita através de um questionário disponibilizado online, que coleta informações suficientes para entender como você lida com a segurança, liquidez e rentabilidade dos investimentos.

A partir das respostas concedidas será fornecido uma classificação, que diz dentre várias coisas o quanto você é tolerante ao risco. Tendo isso em mãos, fica muito mais fácil traçar as ações que devem levar o investidor a atingir o seu objetivo.


Basicamente, você pode ser classificado em três tipos de investidor: conservador, moderado e arrojado.  Logo mais explicaremos sobre cada uma delas, mas antes que tal descobrir o que tanto podem te perguntar?

Quais são as perguntas feitas durante o preenchimento do suitability?

As perguntas são relativamente curtas e compostas por alternativas de múltipla escolha. Informações básicas serão solicitadas no inicio, como idade e conhecimento sobre investimentos.

Em seguida, o questionário avança para questões que visam extrair qual a sua reação diante de situações que envolvem o risco relacionado a flutuações de uma aplicação. Por exemplo, o que você faria se suas ações caíssem 20%?

As alternativas são: vender todos os ativos, apenas uma parte deles, permaneceria com os investimentos, ou compraria mais. O objetivo com isso é coletar informações a partir das respostas para entender o possível comportamento do investidor quando enfrenta situações que exigem uma tomada de decisão.

Geralmente, o questionário gira em torno de nove a dez perguntas, coisas que podem ser respondidas muito rapidamente! Pois então, o suitability acaba sendo um grande passo para alcançar a carreira de investidor profissional, e também importante para uma série de coisas que vamos ver agora.

Porque é tão importante responder o suitability?

Se em algum momento você já pensou em começar a investir e fez uma pesquisa sobre como iniciar, os resultados da busca devem ter te levado para conteúdos que tratam sobre o tão falado perfil de investidor.

Não é uma coincidência se deparar com tanto material sobre o tema, desde julho de 2015 a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) determinou através de uma Instrução Normativa que a aplicação do questionário de análise do perfil do investidor é obrigatória para toda instituição financeira.

Isso quer dizer que antes de realizar qualquer investimento que seja, ou antes mesmo de abrir uma conta numa corretora, é obrigatório que seja preenchido um formulário com o objetivo de informar para a instituição quais produtos podem ser oferecidos para cada cliente.

A Instrução Normativa é uma forma de evitar que um banco ou corretora haja de má fé oferecendo somente aplicações acima do risco permitido pelo cliente. E também para que não haja um grande volume de pessoas investindo e perdendo dinheiro.

Claro, caso não queira conceder as respostas solicitadas é possível assinar um Termo de Recusa e assim fugir do questionário. Mas além de aumentar a possibilidade de prejuízo, o formulário leva pouquíssimo tempo para ser preenchido. Não tem porque deixar de lado!

Investir com emoção, média emoção ou muita emoção?

Bateu frio na barriga ou vontade de saltar? Para investir é preciso encarar riscos

Como foi dito, a partir do preenchimento completo do questionário, o resultado obtido vai determinar o seu tipo de investidor de acordo com três classificações possíveis. Mais do que apenas um rótulo, o perfil indica um norte para responder três dúvidas essenciais.

Aonde eu quero chegar?

O investidor deve saber onde deseja chegar para assim dizer o quanto de risco está disposto a enfrentar durante a trajetória. O suitability assim vai direcionar para encontrar tais respostas.

Em quanto tempo eu quero chegar lá?

O tempo é uma variável determinante nos investimentos, pelo fato de que a liquidez está diretamente associada ao período para pagamento do rendimento. Ganhos expressivos em curto prazo consequentemente levam a enfrentar riscos maiores.

Quanto eu tenho hoje?

Uma coisa é conseguir um patrimônio de milhões aos 22 anos de idade quando você começa  a investir com a gorda poupança financiada pelos pais ao longo da vida. Outra é partir do zero com aplicações mês a mês de R$ 500,00. Com certeza o caminho da riqueza vai exigir mais esforço, risco e tempo no segundo caso.

O risco em questão, é algo que pode ser entendido como a sua reação quando confrontado com uma situação que envolve equilibrar uma escolha que gere ganho ou perda. Assim, fazer um investimento por fazer é coisa de maluco.

Investir sem saber o tanto de dinheiro que deseja acumular é como entrar numa disputa de poker em que o valor da mesa pago para o vencedor é um segredo. Oras, como vou arriscar numa jogada sem conhecer o quanto posso ganhar ou perder?

De certa maneira, o perfil de investidor é uma resposta para todas as perguntas levantadas até aqui. Pensando em eliminar qualquer dúvida é que vamos destrinchar cada um deles!

Perfil conservador: segurança acima de tudo

Imagine abrir o caderno de economia do jornal e se deparar com a manchete, “Ações da empresa X terminam o dia com prejuízo histórico”, o que isso te causa? Caso não possua sangue frio suficiente para enfrentar tanta instabilidade, o seu perfil é conservador.

Esse tipo de investidor prioriza a segurança acima de tudo, a sua carteira é composta majoritariamente por aplicações de baixo risco e de longo prazo. Produtos com maior risco dificilmente devem compor o capital investido, o patrimônio mesmo quando diversificado concentra-se em ativos tradicionais do mercado.

Os investimentos para o perfil conservador

Pensando nas características conservadoras do investidor, as aplicações mais propensas a atender o desejo dele são aquelas tradicionais do mercado. A poupança é uma delas, mesmo com o rendimento baixíssimo, o risco envolvido é praticamente zero.

Outra opção é investir no popular Tesouro Direto, uma alternativa para quem está desapegando da poupança, mas não deseja abrir mão totalmente da sua segurança. Aqui você pode descobrir mais sobre o que é e como funciona o investimento no Tesouro, acesse.

Perfil moderado: ok, aceito correr alguns riscos

A pessoa do perfil moderado está no “meio do caminho”, isso porque ela absorve características do agressivo e do conservador. A segurança é um fator importante ainda muito considerado, só que a rentabilidade também tem um peso importante.

Logo, passa a ser a aceitável correr alguns riscos para conquistar um ganho acima das aplicações conservadoras. Neste estágio o investidor já possui um conhecimento maior sobre mercado, o que permite experimentar outra opções que estão em alta mantendo os pés no chão.

Os investimentos para o perfil moderador

Como falado, o moderador é o cara que combina o risco + segurança. Dessa maneira, a carteira de investimentos dele é composta por aplicações tradicionais e também por opções mais ousadas. Por exemplo, títulos do Tesouro Nacional devem compor o portfólio desse investidor, devido ao baixo risco envolvido.

Já possuindo parte do capital aplicado em ativos pouco arriscados, o restante deve ser direcionado para opções que pagam um valor maior que as conservadoras. Os Fundos Multimercados são uma boa escolha para o perfil moderador poder alavancar o lucro, já que é possível alocar o seu dinheiro em oportunidades mais arriscadas que outras.

Cadastre-se e seja um investidor da IOUU

Perfil arrojado: para ganhar é preciso arriscar

A lei que vale para o investidor arrojado é: rendimento acima de tudo. Se você está disposto a passar por fortes emoções, o que envolve perder ou ganhar muito dinheiro no mesmo dia, saiba que a sua carteira deve ser composta por opções agressivas.

Nesse caso, a principal característica das aplicações do investidor é o desapego com o risco. Perder hoje uma certa quantia não é o fim do mundo, isso porque o pensamento do perfil arrojado considera mais importante o ganho no médio e longo prazo no momento de conquistar uma rentabilidade maior.

Os investimentos para o perfil arrojado

O fato do investidor arrojado ser tolerável ao risco não significa que as perdas são baseadas em falta de estratégia. Acontece que investimentos agressivos por consequência possuem maior risco envolvido.

Assim, uma carteira agressiva é formulada combinando uma pequena parte de renda fixa, e majoritariamente aplicações de renda variável. Ações por exemplo, devem compor a maior parcela do patrimônio investido.

Outra parte dos investimentos do perfil arrojado também devem ser destinadas para opções novas do mercado, que apresentem forte tendência de crescimento. O peer-to-peer lending seria uma boa aposta nessa situação, devido a previsão positiva do setor e rendimento acima da média.

Nenhum desses perfis te representa?

O comportamento do investidor é muito complexo para ser definido em apenas três opções, não é um problema não se ver representado necessariamente em uma classificação.

Hoje o seu perfil pode ser conservador, mas depois de ter adquirido experiência e mais conhecimento de mercado é possível que o arrojado te represente mais. Por conta disso é que o suitability deve ser preenchido mais de uma vez, de tempos em tempos.

É importante enfatizar que investidores conservadores não possuem pouco conhecimento, mas para aplicar dinheiro em ativos de muita emoção é necessário ter domínio do assunto para evitar surpresas e prejuízos não calculados.

Portanto, se o resultado do seu perfil não condizer com a realidade reserve um tempinho para refazer o teste. Entenda visualmente a relação perfil de investidor x riscos x ganhos:

Diagrama do perfil de investidor


O que vemos na imagem é um diagrama que serve como orientação para se posicionar entre as três principais classificações. Por exemplo, talvez você não seja totalmente conservador, uma combinação entre o moderador pode te representar melhor.

Nesse caso, a sua posição estaria em nenhum dos extremos do triângulo, mas sim localizado na parte inferior e ao centro. Simples não?!

Mesmo que o resultado do teste possa a vir não demonstrar exatamente o seu perfil de investidor, ainda assim é um ótimo indicador para direcionar você aos melhores investimentos!

4 motivos para responder o suitability hoje!

Por fim, esperamos que depois de completar a leitura até aqui tenha ficado claro para você a importância de responder a análise do perfil de investidor. Se ainda assim aquela interrogação continua presente, que tal dar uma atenção para esses quatro motivos que resumem o nosso aprendizado.

1 – Leva pouquíssimo tempo

O suitability é um teste feito totalmente online, direto de qualquer equipamento conectado com a internet. As questões são curtas e de múltipla escolha, o que diminui ainda mais o tempo gasto para preenchimento. Reserve dez minutinhos do seu dia, temos certeza que é mais do que suficiente para finalizar o questionário!

2 – Diminuir o risco de prejuízo

Qualquer aplicação financeira, até mesmo a poupança, possui algum risco associado. Outras mais, outras menos, mas é um fato que não é possível fugir da ameaça de prejuízo.

Sendo assim, o esforço que deve ser feito é de diminuir o risco, e uma forma de fazer é sabendo qual o seu perfil de investidor. O resultado do teste vai servir como um guia para saber o que e como investir.

3 – Aproveitar as melhores oportunidades

A sensação de ter perdido uma grande oportunidade de ganhar dinheiro é péssimo, não? Tá aí algo que ninguém gosta de passar. Para acabar com isso um jeito é ter claramente definido o seu tipo de investidor. Assim, quando surgir uma grande aposta no mercado, você saberá se é ou não apropriada para o seu perfil.

4 – Testar a sua experiência com investimentos

As questões submetidas no teste buscam basicamente traçar o seu comportamento diante de situações comuns ao investidor profissional. Logo, a sua reação a uma queda ou alta do mercado deve sinalizar o quão preparado está para enfrentar o hábito de fazer investimentos.

A trajetória da riqueza pode ser mais fácil para alguns do que para outros, mas é inevitável que todos devem possuir conhecimento sobre investimentos. Com tanta informação disponível para aprender, descobrir o perfil de investidor é o primeiro passo para encarar a jornada da aprendizagem.

Gostou do conteúdo que acabou de ler? Então compartilhe nas suas redes sociais. Nós estamos presentes no Facebook, Instagram, Twitter e Linkedin, acesse e confira!

Assine a newsletter da IOUU e mantenha-se atualizado com as notícias do mercado!

imagem-01-blog

Quem viu esse post também curtiu:

A diferença entre Retorno Sobre Investimento e Tax...

Entender o conceito de retorno sobre investimento ...

leitura de 9 min

Livros sobre investimentos: 6 títulos para ler em ...

Procurar por livros sobre investimentos é o primei...

leitura de 12 min

Aplicações de Renda Fixa: guia completo para inves...

Muitas pessoas buscam por aplicações em renda fixa...

leitura de 8 min