As análises financeiras que você pode usar nos seus investimentos

Papo IOUU

leitura de 8 min

Onde investir

Onde investir Em pleno momento tecnológico e cheio de oportunidades que vivemos no meio digital, qua...

leitura de 9 min

As análises financeiras que você pode usar nos seus investimentos

A única coisa certa no mercado financeiro é a incerteza.

Justamente porque se trata de um mercado cheio de probabilidades e tendências. Quer um exemplo?

Quem imaginava que após o pico atingido pela bolsa de valores em 2020, depois de um excesso de confiança por altas frequentes, aconteceria a queda provocada pela crise do coronavírus?

Foram seis circuit breakers (mecanismo que trava operações na bolsa de valores em momentos de pânico ou euforia no mercado) em apenas oito pregões – algo inédito na história da bolsa de valores.

Mesmo tendo acontecido isso e muita gente pega desprevenida, houve investidores que não sofreram perdas e até mesmo quem soube lucrar com tudo isso.

Por mais que as previsões das movimentações de mercado não sejam 100% certeiras, existem análises financeiras que ajudam a desenhar as tendências da variação de preço de ativos financeiros, assim ajudando na melhor tomada de decisão.

Não abra mão de analisar o mercado

Independente da experiência que você tem como investidor não tem como deixar de lado a lógica, os dados, as estatísticas e todas as informações mais importantes que você pode utilizar para fazer as escolhas certas.

O investidor pode ser muitas coisas, menos intuitivo. Quer dizer que não pode apenas abrir a plataforma que investe e selecionar os investimentos sem ter parâmetros e critérios. Principalmente, quando se trata de um investimento de alto risco.

Você já se inscreveu para receber notícias e atualizações sobre a economia? Entre aqui e se inscreva.

Claro que quanto mais for se aprofundando no universo de investimentos, vai ter mais interesse em utilizar as análises a seu favor.

Só não deixe de considerar que as análises são parte vital das suas decisões de investimento.

Importante: não se trata de algo complexo, pois você pode utilizar mecanismos até simples para ajudar nas suas tomadas de decisões.

Por trás do gráfico e dos fundamentos

Gráfico-de-análises-financeiras

Através do gráfico você vai enxergar o comportamento do preço de um ativo financeiro em um período de tempo, pode ser em minutos, horas, dias, semanas e por aí vai.

Essa variação nada mais é do que a relação de compra e venda no mercado. Quando há uma tendência de compra o gráfico tende a subir, já quando acontece o movimento contrário é porque está em movimento de venda.

Fora do gráfico, o investidor pode analisar balanço patrimonial, fluxo de caixa, resultados de empresa e conjuntura econômica de empresas listadas na bolsa ou até mesmo de empresas que buscam investimento como acontece na plataforma da IOUU.

A diferença de ambas análises se dá no objetivo do investimento. O gráfico normalmente é utilizado para operações de curto ou curtíssimo prazo. Já nas fundamentalistas o investidor visa a construção de carteira a longo prazo.

No entanto, você pode usar ambas sem nenhum problema. Conheça um pouco mais a fundo de ambas as análises.

Análise Técnica

Análise-financeira-técnica

Também conhecida como análise gráfica, este tipo de análise pode ser feita utilizando tendências de variação do preço de um tipo de investimento como ações, por exemplo.

No gráfico pode ser observado os principais movimentos:

  • Tendência de alta 
  • Tendência de baixa
  • Laterização

Para observar os comportamentos no gráfico, o analista deve observar topos e fundos, ou seja, os limites altos e baixos de preço. São nesses pontos que acontecem a resistência (dificuldade de o preço subir) ou o suporte (dificuldade de o preço cair) são identificados.

O maior cuidado nessa análise é saber qual momento um padrão de alta ou de baixa pode ser rompido, gerando assim um novo comportamento com grande intensidade - devido, principalmente, pela demanda dos investidores.

Análise Fundamentalista

Análise-financeira-fundamentalista

Esse tipo de análise busca identificar se a ação de uma empresa ou propriamente a empresa que busca investimento tem saúde financeira que valha a pena a longo prazo, ou seja, se ela tem caixa suficiente e boas perspectivas de se manter nos próximos anos. 

Para se fazer uma boa análise, recomenda-se utilizar, pelo menos, suas publicações dos últimos 5 anos de demonstração de resultados contábeis e outros relatórios.

As empresas de capital aberto emitem relatórios com frequência e você pode acessá-los em seus sites nas áreas de relacionamento com o investidor. 

Para empresas que buscam investimento P2P você pode obter mais informações nos detalhes das propostas. A IOUU por exemplo detalha o histórico financeiro e outras informações relevantes para que o investidor possa analisar e ver segurança em aportar seu capital.

Você só precisa abrir uma conta como investidor para ter acesso às informações de empresas que buscam investimento, você pode observar os detalhes aqui.

Uma recomendação muito importante é que você também analise o cenário econômico do segmento onde a empresa está inserida para que tenha uma visão macroeconômica do setor. 

Dessa forma, você projeta se a empresa tende a valorizar ou não, ou mesmo se tem capacidade de pagamento ou não, tanto pelo histórico dela quanto do mercado onde está inserida.

Qual escolher?

Cada situação exige um tipo de análise ideal, no entanto você pode usar ambas dependendo da sua capacidade. Enquanto uma você analisa tendência através do gráfico, na outra você utiliza critérios de saúde financeira e projeções de caixa. 

Se você for trader ou se interessar pelo assunto, então tende a utilizar a análise técnica. Enquanto que se você optar pelo investimento em ações a longo e/ou Peer-to-Peer Lending você pode optar pela fundamentalista.

A análise técnica pode tomar menos tempo quando você conhece mais a fundo, tanto que é utilizada com mais frequência para as operações de curto prazo. A fundamentalista pode tomar mais tempo se seguir exatamente a risca de analisar as informações financeiras de uma empresa.

Análises financeiras funcionam mesmo?

Tanto a análise técnica quanto a fundamentalista funcionam se forem usadas com o objetivo pelo qual ela existe: entender quais são os prováveis movimentos no preço e utilizar possibilidades para tomar decisões, mas nenhuma delas podem prever com total certeza se os preços realmente irão subir ou cair, mas nem por isso entender os movimentos do mercado deixa de ter utilidade.

Para aprofundar ou se especializar nessas análises financeiras você pode buscar por livros como o doFlávio Lemos que trata sobre análise técnica de mercado. Ou como o livro doJosé Kobori que se aprofunda em análise fundamentalista. 

Empréstimos com juros baixos. Investimentos com alto retorno. Isso é o peer-to-peer.

imagem-01-blog

Quem viu esse post também curtiu: