Trader: O que é? O que faz? Quanto ganha? Vale a pena?

Papo IOUU

leitura de 7 min

Conheça dividendos!

Dividendos: Recebimento das ações com hora marcada Sábado de manhã, você de folga no sofá da sua cas...

leitura de 8 min

Trader: O que é? O que faz? Quanto ganha? Vale a pena?

Você conhece pessoas que começam a trabalhar às 09h e em pouco tempo já encerraram suas atividades, e após isso podem fazer o que quiser?

Essa descrição parece ser um emprego dos sonhos para muitas pessoas. Você tem ideia de quem é esse profissional?

Trata-se do trader que é um investidor do mercado financeiro que busca ganhar dinheiro com operações de curto prazo, aproveitando-se da volatilidade do mercado.

Ele busca fazer lucros através da compra e venda de ativos financeiros, seja na bolsa de valores ou em outros mercados.

Existem traders autônomos, que são aqueles que trabalham com seu próprio capital, e os que têm vínculo com bancos ou instituições financeiras, estes possuem um volume de operação muito grande e movimentam o mercado.

Em 2020 o número de traders autônomos no Brasil cresceu muito, onde muitas pessoas enxergaram a oportunidade de trabalhar online ou mesmo de diversificar seus investimentos. Os brasileiros passaram a olhar ainda mais para o mercado financeiro e suas possibilidades.

Conheça as profissões em alta no mercado financeiro.

Ao mesmo tempo que esta profissão apresenta uma grande vantagem financeira e de tempo, também tem seu risco elevado por trás que se não for bem ponderado pode representar perdas de capital.

Então, se você tem interesse na profissão, já ouviu falar por aí, mas não sabe como funciona ou mesmo se vale a pena, fique até o final desse conteúdo para tirar suas conclusões.

Como iniciar como trader?

Iniciando-com-trader

De certa forma é muito simples se tornar um trader, pois com conta em corretora e um computador ou até mesmo celular com acesso a internet você pode iniciar suas operações.

O trader não precisa de formação acadêmica, ou seja, se você for advogado, professor ou vendedor pode estar iniciando sua jornada como trader.

Por mais que seja simples e possa passar a impressão de ser fácil e com poucas barreiras, também pode ser arriscado, visto que você vai estar iniciando em um mercado que precisa de conhecimento.

Por isso que a recomendação é que, estude e comece a praticar na conta de simulação. Assim que você abrir conta na corretora pode aproveitar o simulador para iniciar sem precisar aplicar seu dinheiro.

Antes mesmo de abrir a conta na corretora e ir para o simulador você primeiro precisa saber se tem perfil para ser trader, se é propenso a tomar risco mediante a possibilidade de retorno financeiro.

-> Perfil de trader

O que é necessário estudar?

Para ter um bom desempenho como trader é necessário ter conhecimentos fundamentados de economia e saber fazer análises de mercado, ou seja, entender o comportamento da valorização do ativo financeiro que você pode trabalhar.

Sobre a análise financeira, o trader pode estudar tanto a gráfica quanto a fundamentalista que vai ajudar na tomada de decisão de compra ou venda no momento certo.

Para conhecer mais sobre as análises financeiras, nós preparamos um conteúdo específico que vai te dar a orientação certa.

-> Conheça mais sobre análises financeiras

Além disso, também é importante conhecer sobre gestão de risco e aspectos comportamentais sobre decisão, já que estamos falando de operações de curto prazo, então é importante entender isso.

Quanto um trader ganha?

Quanto-ganha-um-trader

Por se tratar de um investimento em renda variável não tem como estimar um valor mensal, ainda mais pela possibilidade de alto retorno.

Logo, os ganhos vão depender do grau de conhecimento, ferramentas adequadas, tempo disponível e capital inicial.

O mais importante é entender que os ganhos podem ser exponenciais ao decorrer do tempo de experiência. Só que ao mesmo tempo tem que saber lidar com o risco de perder dinheiro.

O trader ganha quanto maior for o intervalo entre a compra e venda de uma ação por exemplo, ou vice versa. Vejamos um exemplo: um ativo financeiro que você comprou a um valor de R$200 e vendeu algum tempo depois por R$250, então teve um lucro bruto de R$50. Isso pode acontecer em várias operações ao dia.

Por isso, é variável e para isso é necessário saber das condições de mercado, pois escolher não fazer qualquer operação no dia, também pode ser uma escolha sábia.

O trader pode trabalhar poucas horas?

Por trabalhar com operações de curto prazo, o trader pode sim ter uma menor escala de trabalho, mas tudo depende dos objetivos de ganhos e até do próprio tempo disponível, uma vez que você pode se dedicar de forma integral quanto ser uma fonte de renda extra.

O trader pode utilizar poucas horas do dia, podendo atuar todos os dias da semana.

Dentro desse tempo de operação pode ser dividido em alguns perfis de trader:

● Day Trader: faz investimentos que começam e terminam no mesmo dia. As transações, nesse caso, acontecem em questão de minutos ou horas, seguindo estratégias de investimento baseadas em projeções de curtíssimo prazo para o mercado.

● Scalper: operações de curtíssimo prazo, que podem durar segundos;

● Swing Trader: operações que podem durar, em média, uma semana;

● Position trader: transações que duram, pelo menos, um mês;

● Buy and Holder: busca operações mais seguras, visando montar portfólio.

Sabendo que você pode atuar em diferentes tempos de operação, então pode usar o seu tempo disponível para ver onde melhor se encaixa com seu perfil e disponibilidade de atuação.

Trader tem que declarar o Imposto de Renda?

Trader-declarando-imposto-de-renda

Nas operações que envolvem ações, há a isenção de imposto de renda para alienações de ações até R$ 20 mil ao mês.

O daytrader não tem isenção de IR. Neste caso, será tributado em 20% de qualquer lucro que tenha no mês, independentemente do valor negociado.

A corretora é responsável por reter 1% sobre o valor do resultado positivo apurado no encerramento das operações, valor que é repassado diretamente para a Receita Federal, podendo o cliente realizar a compensação do valor retido ao efetuar o pagamento do DARF sobre seus ganhos.

Ser ou não ser trader: Eis a questão

Até aqui você pôde ver que o trader é um profissional que tanto pode trabalhar de forma autônoma quanto vinculado a uma instituição financeira. Para isso é necessário entender como o mercado funciona e saber analisar os movimentos dos ativos financeiros que vai trabalhar.

Você pode começar como trader na conta de simulação de alguma corretora, e com o hábito de estudar para que em pouco tempo possa ter segurança nas operações em ações, contratos de dólar, índice, etc.

O trading pode fazer parte da sua estratégia de diversificação se você ver que tem esse perfil, mas tenha cuidado para não perder dinheiro por não saber o que fazer.

Empréstimos com juros baixos. Investimentos com alto retorno. Isso é o peer-to-peer.

imagem-01-blog

Quem viu esse post também curtiu: