Peer to Peer Lending: Vale a pena investir nos outros?

Papo IOUU

leitura de 6 min

Capitalização do negócio: é uma boa opção?

Com o atual cenário econômico, torna-se muito difícil expandir uma empresa, pois, com a diminuição d...

leitura de 4 min

O Peer to Peer Lending é uma nova modalidade de investimento que tem feito sucesso mundo afora. Fatores como a rentabilidade e o fácil processo ajudam no crescimento da estratégia.

Para quem está pensando em investir seu suado dinheiro, o Peer to Peer Lending — P2P — é uma forma bastante interessante. Como você já deve ter visto em suas pesquisas, ele oferece vantagens que os bancos tradicionais não conseguem, assim como uma sistemática bem mais simples e eficiente.

Com diversos tipos de investimento, valores e modalidades, esta também é uma das variantes mais inclusivas para investidores. Além disso, ao contrário das formas tradicionais, aqui existe um benefício palpável do outro lado da linha. Diversos empreendedores conseguirão manter seus negócios graças a você.

Assim, a IOUU preparou um incrível infográfico com tudo que você precisa saber sobre o assunto. Ficou com alguma dúvida, não se preocupe! No fim do post estão as respostas para as principais perguntas sobre investimentos Peer to Peer Lending.

peer to peer lending


Ainda tem dúvidas sobre investimentos Peer to Peer Lending? Confira algumas dúvidas comuns sobre o tema e suas respostas!

O que é uma fintech?

O termo fintech se refere a empresas de tecnologia que trabalham com o mercado financeiro. Da junção dos dois termos surgiu o nome — Financial + Technology = Fintech. Essas companhias são startups que tem como principal objetivo inovar e solucionar os problemas que os grandes bancos não conseguiram. Para isso, contam com estrutura mais enxuta, custos mais baixos e muito apoio da tecnologia.

O que é Peer to Peer Lending?

Traduzido diretamente do inglês, o Peer to Peer Lending seria um “empréstimo de ponta a ponta”. Dessa forma, este novo conceito traz uma negociação entre pessoas, sem a intermediação de um banco. Na prática, isso significa o empréstimo de montantes entre uma pessoa e outra, sem que uma instituição bancária necessite participar do processo.

O que é um investimento Peer to Peer Lending?

De acordo com o que foi dito acima, o investimento Peer to Peer Lending é, justamente, o empréstimo de uma quantia. Nessa situação, a pessoa que empresta está investindo, já que o valor negociado está rendendo ao longo dos anos. A IOUU é uma empresa que funciona, nessa situação, como um local seguro para essa negociação, evitando que alguma das partes saia prejudicada no acordo.

Quando, onde e como surgiu o investimento Peer to Peer Lending?

Ainda que o termo seja conhecido há muito tempo — principalmente na informática —, foi em meados de 2005 que ele foi aplicado à economia. Primeiramente no Reino Unido e logo em seguida nos EUA, o mercado e empréstimo coletivo começou a crescer constantemente. Com a grande crise de 2008, a modalidade se firmou, incomodando e muito os grandes e tradicionais bancos.

Quais as vantagens do investimento Peer to Peer Lending?

Existem muitas vantagens em fazer um investimento Peer to Peer Lending, especialmente com a IOUU, dos quais cinco se destacam.

  • Alta rentabilidade: A partir de 15% a.a, maior que investimentos tradicionais como CDB, Poupança e Tesouro Direto.
  • Controle: Indicadores e informações para tomar as melhores decisões.
  • Diversificação: Possibilidade de aplicar o dinheiro de forma variada, com valores e riscos diferentes.
  • Repagamentos Mensais: No P2P, o repagamento é feito mensalmente e, assim, você pode escolher entre sacar ou reinvestir o montante.
  • Transparência: Com uma plataforma 100% online, você recebe todas as informações e possíveis oportunidades.

Quais os tipos de investimento oferecidos?

Com o objetivo de auxiliar o maior número de investidores e empreendedores, a IOUU trabalha com quatro tipos de investimento. São eles:

  • Coletivo: Destinado a ajudar micro e pequenas empresas, o Investimento Coletivo tem valor mínimo de R$500,00 a R$2.000,00 e rentabilidade estimada em 15% a.a.
  • Impacto: Pensado para MEIs e microempresas, o Investimento de Impacto tem valor mínimo de R$500,00 e rentabilidade estimada de, ao menos, 15% a.a.
  • Social: Focado em nano empreendedores, MEIs, pessoas e projetos de baixa renda, o Investimento Social é um empréstimo sem juros. Assim, o valor mínimo é de R$100,00 e a rentabilidade é nula.
  • Institucional: Exclusivo para algumas categorias de empresas, o Investimento Institucional tem como meta retornos superiores ao CDI anual.

Quais os riscos do investimento Peer to Peer Lending?

O investimento P2P Lending é considerado de alto risco, já que depende do pagamento pelo pagador. Caso haja inadimplência, a IOUU está preparada para cobrar de acordo com a régua de cobrança — ferramenta utilizada por empresas com clientes inadimplentes. Aqui, o tipo de comunicação irá variar de acordo com o tempo de atraso e o perfil do consumidor.

Por que cada oportunidade oferece uma rentabilidade diferente?

Para poder chegar à rentabilidade, é feita uma análise de crédito da empresa. Com isso, a IOUU classifica os empréstimos de acordo com o seu risco financeiro, com notas que vão de AA a HR. As taxas de rendimento mensal seguem a seguinte lógica:

  • AA: 1,3%
  • A: 1,35% a 1,50%
  • B: 1,52% a 1,69%
  • C: 1,74% a 1,98%
  • D: 2,06% a 2,59%
  • E: 2,97% a 3,66%
  • HR: 3,90%

O que é e para que serve o suitability?

Suitability é uma análise feita através de um questionário. Seu objetivo é definir o seu perfil de investidor e como se comporta em relação à segurança, liquidez e rentabilidade. É necessário responder de forma sincera às perguntas, fazendo com que seu perfil represente, fielmente, seus pensamentos, medos e esperanças.

Como funciona a diversificação de investimento no Peer to Peer Lending?

Para não colocar todo o seu dinheiro em uma única oportunidade, e IOUU oferece a você a diversificação de investimentos. Dessa forma, você consegue criar uma carteira com vários ativos, evitando haver uma perda total dos rendimentos em caso de queda de um ativo. Recomenda-se a diversificação para diminuir os riscos do investimento como um todo.

Assine a newsletter da IOUU e mantenha-se atualizado com as notícias do mercado!

imagem-01-blog

Quem viu esse post também curtiu:

A diferença entre Retorno Sobre Investimento e Tax...

Entender o conceito de retorno sobre investimento ...

leitura de 9 min

Livros sobre investimentos: 6 títulos para ler em ...

Procurar por livros sobre investimentos é o primei...

leitura de 12 min

Aplicações de Renda Fixa: guia completo para inves...

Muitas pessoas buscam por aplicações em renda fixa...

leitura de 8 min