Conheça os riscos de começar a investir sem conhecer o mercado financeiro

Papo IOUU

leitura de 9 min

Os 5 maiores investidores do Brasil

Os 5 maiores investidores do Brasil Tem muito investidor com alta capacidade entrando no mercado nes...

leitura de 9 min

Está pensando em começar a investir, mas não sabe ao certo quais são os riscos? É preciso entender — antes de pensar na bolsa de valores, ações ou no tesouro direto —que você precisa de informação. De nada adianta ter 100 reais ou 10 mil se você não tem o conhecimento para aplicar.

Com muito ou pouco dinheiro, há diversas opções no mercado, e algumas podem trazer riscos desnecessários a você. Muito mais importante que saber onde investir, é saber como investir corretamente. Dessa forma, evitará os riscos e terá mais chances de faturar alto no futuro.

Com certeza você já conhece alguns conceitos que devem ser analisados. Rentabilidade, prazos e riscos são alguns deles, mas é preciso ir além e ficar atento para não cometer erros de principiantes. Quer saber quais são esses antes de começar a investir? Então acompanhe abaixo!

Os riscos de começar a investir sem conhecimento

Começar a investir é o grande sonho de todos que pensam em seu futuro financeiro. Ainda assim, há alguns riscos nesse processo, que ficam ainda mais claros quando não se tem o conhecimento necessário.

Investir em serviços com alto custo

começar a investir


Ao começar a investir no mercado financeiro, a primeira coisa que se analisa é a rentabilidade e segurança do investimento. Obviamente, isso está certo, mas é preciso levar em conta os custos do serviço que está contratando.

Agora você deve estar se perguntando: “Mas como assim?” Tenha calma, pois vamos explicar. Quando você investe em renda fixa, por exemplo, os bancos ou corretoras cobram uma taxa de administração pelo serviço. Isso pode diminuir drasticamente sua rentabilidade no final das contas.

Para não perder dinheiro, sempre pesquise, compare e negocie as melhores condições antes de optar por um serviço de investimento. Hoje em dia, com tantas alternativas — especialmente no meio online — é possível conseguir boas negociações, com taxas mais baixas, menos burocracia e rendimentos bem superiores.

Para saber se o seu contrato realmente vale a pena, leve em consideração os valores futuros. Além disso, considere o montante após o pagamento das taxas de administração e demais impostos.

Não diversificar os investimentos

diversificar aplicações


Quando se fala em investimentos, sempre há o quesito risco. Eles existem em maior ou menor proporção, de acordo com o tipo de aplicação. Para equilibrar perdas e ganhos, é sempre bom ter investimentos diversificados.

Não convém ficar dependente da rentabilidade de um único investimento, o ideal é distribuir os recursos em diversos fundos de renda fixa e variável. Esse é, na realidade, o verdadeiro segredo de quem consegue passar por tempos difíceis como os que vemos hoje.

Imagine você, que quer começar a investir, e aposta todo seu capital em um único mercado. Com uma crise como a atual, este pode ser um dos nichos mais afetados, o que significa que você perderá boa parte de seu patrimônio.

É pensando em situações como essa que se sugere a diversificação de investimentos. Nesse caso, você pode até perder em uma aplicação, mas ganha em outras, equilibrando as contas e ficando mais próximo de seu objetivo final.

Esquecer-se do fator tempo

começar a investir


É preciso alinhar seus investimentos com os objetivos a curto, médio e longo prazo. Um erro comum, principalmente quando se começa a investir, é querer que os investimentos o enriqueçam do dia para a noite. Isso não acontece. Não compre a ideia de que investimentos são um meio rápido e fácil de enriquecer.

É preciso ter em mente que investir é uma forma de colocar seu dinheiro para trabalhar para você e multiplicá-lo. É preciso, porém, saber como fazer isso sem comprometer seus planos. Ao investir em ações, por exemplo, é preciso saber que deve se comprometer no mínimo por 3 anos para ter resultado.

Do outro lado, temos um exemplo oposto, que é deixar o dinheiro muito tempo aplicado em uma poupança. A rentabilidade é baixa e, com o passar dos anos, o investidor iniciante deixa de ganhar dinheiro. Esse tipo de conhecimento é o que fará com que você, ao longo dos anos, invista em produtos melhores e mais atrativos.

Comprar títulos com baixa liquidez

titulos com baixa liquidez


Para começar a investir, é preciso saber aplicar em títulos que ofereçam uma liquidez razoável para casos de imprevistos. Como já dissemos, lembre-se sempre de alinhar seus objetivos com seus investimentos. Só assim será possível saber se deve priorizar rentabilidade ou liquidez. Isso é imprescindível na hora de escolher seu investimento.

Geralmente, investidores iniciantes não possuem grande capital para investir. Assim, ficar preso em fundos que não lhe oferecem uma possibilidade de acesso rápido ao dinheiro pode ser um risco.

Para facilitar o entendimento deste ponto, pense na seguinte situação. Você possui 10 mil reais e resolve investi-los em determinado produto financeiro. Para obter um resultado positivo, esse montante deve ficar aplicado por, pelo menos, 24 meses.

Alguns meses depois, entretanto, você tem uma emergência e precisa, urgentemente, de dinheiro na mão. O único capital que você pode utilizar são os 10 mil investidos, mas eles estão, em sua totalidade, em um investimento sem liquidez.

Nesse caso, mesmo tendo dinheiro, você não pode acessá-lo. Ou, se puder, perderá um valor considerável.

Acreditar que não consegue investir sozinho

começar a investir sozinho


Obviamente, o gerente do seu banco é uma pessoa capacitada para assessorar seus investimentos. Ainda assim, precisamos levar em consideração que toda instituição financeira visa lucro. Dessa forma, nem sempre os conselhos serão realmente os melhores para você.

Sabendo disso, você precisa entender que sim, é possível investir por conta própria, desde que se esforce para entender o mercado. Com a internet, a informação ficou mais próxima, cabendo apenas a você buscar um melhor entendimento de qualquer assunto.

Com as finanças não é diferente, já que são diversas as plataformas que te ensinam e ajudam a investir. Não importa se você é um especialista ou quer começar a investir agora, trilhar esse caminho sozinho é extremamente possível.

Por isso, acredite em si mesmo e na tecnologia que tem à sua disposição. Com conhecimento e esforço, qualquer um pode se tornar um investidor e começar a fazer seu dinheiro trabalhar.

Não se preparar para investir

se preparar para aplicar dinheiro


Ok, você quer começar a investir, mas sabe que é preciso de conhecimento para isso, não é? Por isso, uma parte importante desse processo está em, justamente, procurar por meios de conseguir tais informações.

Uma boa opção para isso é o curso Investimento 4×4, que possibilita uma boa introdução ao tema. Através dele, você terá acesso a diversas aulas, com foco especial em dicas e maneiras de aplicar seu dinheiro. São elas:

  1. Entendendo o mercado de investimentos
  2. O poder da diversificação
  3. Resgatar ou reinvestir?
  4. Ganho alto, risco alto
  5. Conhecendo a Plataforma

Cursos como esse podem fazer a diferença em sua vida de investidor. Em um mercado tão concorrido e disputado quanto esse, os que tem um maior conhecimento saem na frente. E, quando se trata de dinheiro, qualquer vantagem pode ser essencial para um bom resultado ao final da corrida.

Atenção para começar a investir

Para quem pretende começar a investir, não há grandes segredos. O caminho é conhecido, ainda que não seja fácil. É preciso pesquisar, conhecer, aprender e tentar, sempre com um bom planejamento em mente.

Outro ponto de grande importância está em conhecer a si mesmo, suas necessidades, habilidades e, principalmente, sua tolerância a risco. Nesse processo, o quanto você está disposto a arriscar é extremamente importante, mas sempre considerando tanto as vantagens quanto desvantagens.

De qualquer forma, o primeiro passo para começar a investir é o mais fácil: simplesmente começar. Pode dar medo, pode ser arriscado, pode ser desafiador. Ainda assim, é dessa forma que todos começam, e é assim que você alcançará seus objetivos!

Seja um dos novos investidores da IOUU

Assine a newsletter da IOUU e mantenha-se atualizado com as notícias do mercado!

imagem-01-blog

Quem viu esse post também curtiu:

Como declarar investimentos da IOUU no Imposto de ...

Como declarar investimentos da IOUU no Imposto de ...

leitura de 5 min

Melhores investimentos a curto prazo

Melhores investimentos a curto prazo Você é uma pe...

leitura de 7 min

Investimentos para o futuro: confira tendências qu...

A roda da fortuna gira sem parar, e todos os dias ...

leitura de 6 min