Afinal, investir na poupança é realmente uma péssima ideia?

Papo IOUU

leitura de 3 min

Onde investir

Onde investir Em pleno momento tecnológico e cheio de oportunidades que vivemos no meio digital, qua...

leitura de 9 min

Investir na poupança é uma das principais formas de guardar dinheiro entre os brasileiros. No entanto isso não significa que seja o tipo de aplicação mais rentável. Pelo contrário, existem outros investimentos com rentabilidade superior à da poupança, mas que o grande público não conhece muito bem.

Obviamente, a poupança tem as suas vantagens, como a segurança oferecida. Mas hoje existem diversas soluções de investimentos que não são voltadas apenas para quem movimenta altos valores. Além do mais, é preciso considerar quais os seus planos a longo e médio prazos para escolher o melhor tipo de aplicação também.

Neste post você vai entender como funcionam os rendimentos da poupança, para quais casos ela é indicada e uma alternativa interessante para os seus investimentos. Confira!

Funcionamento dos rendimentos

Desde 2012, existe uma regra que determina que os rendimentos da poupança sejam de acordo com a taxa Selic. Se ela ficar igual ou menor do que 8,5% ao ano, a caderneta renderá 6,27% ao ano ou 0,5% ao mês + TR (taxa referencial), que é um juro variável.

Caso ela não atinja o mínimo de 8,5%, os rendimentos da poupança serão de 70% da Selic. Não se esqueça de que essa regra é válida desde 2012, ou seja, investimentos feitos antes dessa data continuam rendendo a taxa fixa de 6,27% ao ano + TR.

Desvantagens da poupança

Por ser um tipo de investimento considerado conservador — o que significa que não oferece grandes riscos —, os rendimentos da poupança são baixíssimos, mesmo quando a comparamos com outras soluções com nível de risco considerado baixo e/ou moderado.

Outro ponto importante a ser avaliado é que os rendimentos da poupança são creditados no aniversário de abertura da conta, uma vez por mês. Então, se você decidir retirar o dinheiro antes da data correta, todo o rendimento poderá ser perdido.

Momento de investir na poupança

A poupança é indicada para quem esteja em busca de um investimento de fácil acesso, com taxas administrativas de baixo custo e rendimentos isentos de imposto de renda. Claro que tudo isso pode ser considerado bastante interessante, no entanto, se compararmos com as desvantagens, percebemos que a poupança não é tão bom negócio.

Considerando que dificilmente os rendimentos da poupança serão superiores à taxa da inflação, já percebemos que, apesar de oferecer segurança ao investidor, financeiramente falando ela não é nada atrativa — ao contrário do que todos que pensam em investir esperam de um tipo de aplicação.

Alternativa para investimentos

Uma modalidade de investimento que vem ganhando cada vez mais espaço no mercado brasileiro é o chamado peer-to-peer. O nome pode não ser tão conhecido como a poupança, por exemplo, mas não tenha dúvidas de que se trata de uma solução prática e altamente rentável para você aplicar o seu dinheiro.

De forma simplificada, as plataformas peer-to-peer ligam investidores a pessoas que estejam procurando crédito. Ou seja, um sistema inovador que funciona on-line, sem depender do intermédio dos bancos e que garante que os investidores tenham altos rendimentos.

E você, já conhecia todas essas informações sobre as desvantagens de investir na poupança? Saiba mais sobre a segurança do peer-to-peer.

Conheça a IOUU e invista seu dinheiro de modo rápido, transparente, com altas taxas de retorno e 100% online

Assine a newsletter da IOUU e mantenha-se atualizado com as notícias do mercado!

imagem-01-blog

Quem viu esse post também curtiu:

Como declarar investimentos da IOUU no Imposto de ...

Como declarar investimentos da IOUU no Imposto de ...

leitura de 5 min

Melhores investimentos a curto prazo

Melhores investimentos a curto prazo Você é uma pe...

leitura de 7 min

Investimentos para o futuro: confira tendências qu...

A roda da fortuna gira sem parar, e todos os dias ...

leitura de 6 min